18 Maio 2018
0
0
0
s2sdefault
 

O Rio de Janeiro é uma cidade repleta de cultura. De acordo com um levantamento, realizado em 2015 pelo Instituto Brasileiro de Museus, aqui existem 150 museus. Os diferentes tipos de acervo são abrigados em prédios de diversos estilos arquitetônicos, como neoclássico, moderno, eclético, entre outros. Algumas dessas instituições oferecem gratuidade para alunos e professores da Rede Pública Municipal de Ensino. Em 18 de maio é comemorado o Dia Internacional dos Museus. Por isso, selecionamos dez deles entre as muitas opções na nossa cidade.

Interior do Museu do Amanhã (Foto: Alexandre Macieira/Riotur)

Museu do Amanhã
Compreender que o homem interfere no presente e no futuro de todo o planeta é a proposta do Museu do Amanhã. Com exposições interativas e tecnológicas, promete incitar a reflexão sobre como podemos viver e moldar os próximos 50 anos. A instituição promove o programa Amigos do Amanhã, que desenvolve diversas atividades educativas. A entrada é gratuita para alunos e professores da Rede.

Local: Praça Mauá, 1 – Centro
Horários: terça a domingo, das 10h às 18h
Bilheteria aberta até as 17h
Ingressos: inteira R$ 20 e meia-entrada R$ 10
Site: https://museudoamanha.org.br/

Museu de Arte do Rio
O MAR, Museu de Arte do Rio, pode ser uma ótima combinação de passeio com o Museu do Amanhã. Com exposições de longa e curta duração, busca uma visão contemporânea da Arte com a História. Além da entrada gratuita para alunos e professores da Rede, oferece atividades para formação em Artes.

Local: Praça Mauá, 5 – Centro
Horários: terça a domingo, das 10h às 17h
Ingressos: inteira R$ 20 e meia-entrada R$ 10. Às terças-feiras, a entrada é gratuita para todos. Neste mês de maio a gratuidade é diária.
Site: http://www.museudeartedorio.org.br/pt-br


Museu Nacional de Belas Artes
O Museu Nacional de Belas Artes já impressiona com sua arquitetura eclética, projetada em 1908 e tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Atualmente, é a instituição que possui a maior e mais importante coleção de arte brasileira do século XIX, e quem visita o local pode conhecer mais da história das artes plásticas no Brasil. Oferece visitas especiais para grupos de instituições de ensino e também oficinas para professores, com o objetivo de discutir o papel do museu na Educação.

Local: Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia
Horários: terça a sexta, das 10h às 18h. Sábado, domingo e feriados, das 13h às 18h
Ingressos: inteira R$ 8 e meia-entrada R$ 4
Site: http://mnba.gov.br/portal/

Palácio do Catete (Museu da República)
O Palácio Nova Friburgo, atual Palácio do Catete, foi construído entre 1858 e 1867 e teve uma longa jornada até se tornar o Museu da República. Entre 1897 e 1960, foi sede da Presidência e residência oficial dos presidentes. Portanto, em seus três andares permanecem mobília e acervo histórico da República. No site está disponível uma visita virtual com informações interativas. O museu promove palestras, dinâmicas de grupo e debates para educadores, além de visitas mediadas para estudantes, com atividades lúdicas e interativas. Essas visitas são gratuitas e deve ser realizado um agendamento com 15 dias de antecedência.

Local: Rua do Catete, 153 – Catete
Horários: terça a sexta, das 10h às 17h. Sábado, domingo e feriados, das 11h às 18h
Agendamento de visita por e-mail (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.) ou telefone (21-2127-0345)
Site: http://museudarepublica.museus.gov.br/  

Museu Histórico Nacional (Foto: Pedro Kirilos/Riotur)

 

Museu Histórico Nacional
Em 1603, os portugueses construíram a Fortaleza de Santiago, atual Museu Histórico Nacional. Com exposições de longa e curta duração, a instituição possui uma biblioteca especializada em História do Brasil, História da Arte, Museologia e Moda, além de fotografias e ilustrações de importantes nomes, como Juan Gutierrez, Augusto Malta e Marc Ferrez. O museu oferece a opção de agendar visitas e também entrada gratuita para professores e alunos da Rede.

Local: Praça Marechal Âncora, s/n – Centro
Horários: terça a sexta, das 10h às 17h30. Sábado, domingo e feriados, das 13h às 17h
Entrada gratuita aos domingos.
Ingressos: inteira R$ 10 e meia-entrada R$ 5
Site: http://mhn.museus.gov.br/

Museu de Arte Moderna – MAM
O Museu de Arte Moderna (MAM) é parada obrigatória para quem gosta de arte e arquitetura. A construção é um projeto de Roberto Burle Marx e é considerada um dos principais símbolos da arquitetura moderna brasileira. O acervo conta com mais de 15 mil obras de artistas nacionais e internacionais.

Local: Avenida Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo
Horário: terça a sexta, das 12h às 18h. Sábado, domingo e feriados, das 11h às 18h
Ingressos: inteira R$ 14 e meia-entrada R$ 7. Entrada gratuita todas as quartas-feiras.
Site: http://www.mamrio.org.br/

Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB
O “queridinho” dos cariocas é o museu mais visitado do Brasil, recebendo as principais exposições artísticas nacionais e internacionais. Além disso, conta com cinema, teatro, apresentações musicais e programas educativos.

Local: Rua Primeiro de Março, 66 – Centro
Horário: quarta a segunda, das 9h às 21h
Ingressos: entrada gratuita para exposições. Apresentações cênicas: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Cinema: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).
Site: http://culturabancodobrasil.com.br/portal/rio-de-janeiro/

Museu do Açude, no Parque Nacional da Tijuca (Foto: Alexandre Macieira/Riotur)

Museu do Índio
Com o objetivo de preservar e promover o patrimônio cultural e histórico indígena brasileiro, o Museu do Índio possui um rico acervo de peças etnográficas e documentos. Além das exposições fixas e itinerantes, oferece cursos e programação com apresentações culturais, lançamento de livros, contação de histórias e muito mais. 

Local: Rua das Palmeiras, 55 – Botafogo
Horário: terça a sexta, das 9h às 17h30. Sábado, domingo e feriados, das 13h às 17h
Ingressos: entrada gratuita
Site: http://www.museudoindio.gov.br/

Museu do Açude
Na antiga casa do empresário Castro Maya, amante das artes que reuniu um acervo com 22 mil obras, fica o Museu do Açude. Localizado dentro da Floresta da Tijuca, é considerado o primeiro museu de artes decorativas do Brasil, reunindo um expressivo acervo de mobiliário, azulejos e outros objetos de decoração.

Local: Estrada do Açude, 764 – Alto da Boa Vista
Horário: quarta a segunda, das 11h às 17h
Ingressos: inteira R$ 6 e meia-entrada R$ 3. Entrada gratuita às quintas-feiras e gratuidade para grupos de alunos e professores.
Site: http://museuscastromaya.com.br/

Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro
Localizado no Parque Natural Municipal da Cidade, promove a conservação da história e da cultura do Rio. O acervo conta com aproximadamente 24 mil peças, entre fotografias, pinturas e gravuras que contam a história da nossa cidade desde o período colonial até a urbanização.

Local: Estrada Santa Marinha, s/n – Gávea
Horário: terça a domingo, das 10h às 17h
Ingressos: entrada gratuita
Site: http://museudacidadedorio.com.br/pt-br

 

*Carla Leite e Suzany Alves, estagiárias, com supervisão de Carla Beatriz Araújo.

Mídias Relacionadas
Relacionados
Mais Recentes