19 Outubro 2017
0
0
0
s2sdefault
 

Com planejamento e realização dos próprios professores da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio, o jornal é um espaço de troca entre os docentes.

Nós da Rede1A primeira edição da publicação, resultado da parceria entre os docentes, a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a MultiRio, começou a ser distribuída neste mês de outubro, quando se comemora o Dia do Professor. Com a proposta de oferecer um espaço de expressão e troca de experiências, o novo jornal também dá destaque ao talento dos educadores da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio de Janeiro. A escolha do nome da publicação, a definição de editorias e pautas, ilustrações e a redação dos textos e reportagens ficaram a cargo dos professores colaboradores do projeto. O número inaugural traz, além de assuntos relacionados ao fazer pedagógico e à rotina escolar, temas como cinema e democracia, fazendo de Nós da Rede um canal para os múltiplos interesses dos educadores.

Na ocasião do lançamento do projeto, em encontro na Escola de Formação do Professor Carioca – Paulo Freire, o secretário municipal de Educação, César Benjamin, considerou o jornal Nós da Rede um dos meios de aproximação entre a SME e seu quadro de professores. “Vamos criar, cada vez mais, canais de participação dos professores na gestão, na vida cultural e nos projetos da secretaria. Esse jornal se insere dentro dessa visão”, ressaltou.

O protagonismo dos professores e o apoio da MultiRio, que prestou orientação e realizou a revisão e a diagramação do jornal, foram destacados pelo presidente da Empresa, Caique Botkay. “Nesse jornal, os professores terão voz própria. Nós seremos colaboradores e ajudaremos com a formatação”, disse, considerando a experiência da MultiRio na produção de mídias.

Com 16 páginas, Nós da Rede traz as editorias Raio X da Rede; (In)visibilidades; #professor; Cotidianidades; #perfil; Opinião; Conversas; Cultura; E eu com isso?; Memórias; Formação; Prata da casa; É sério?; e Corpo docente, corpo que sente. O trabalho da Escola Especial Municipal Ação Cristã Vicente Moretti (8ª CRE), em Bangu; o perfil de um agricultor urbano; o Conselho Escola Comunidade; os 100 anos da animação brasileira; e o bem-estar do professor são alguns dos assuntos desta primeira edição. Todas as matérias foram sugeridas e redigidas pelos professores, assim como editorial, poema, memórias e um convite à seção de Cartas dos Leitores.

A produção do jornal envolveu, além dos professores, representantes da SME e da MultiRio. O lançamento do projeto aconteceu em um encontro na Escola de Formação do Professor Carioca – Paulo Freire, em julho, quando os professores colaboradores receberam orientações sobre a produção de um jornal e se dividiram em grupos para o início dos trabalhos. Outras reuniões de pauta foram realizadas na MultiRio, fora do horário escolar. Após a sugestão de diversos nomes, Nós da Rede foi escolhido em votação pelo site do Rioeduca. O jornal possui um conselho consultivo, formado por professores de todas as CREs, e um conselho deliberativo, com um representante de cada parte que colabora no projeto: professorado, SME e MultiRio.

A distribuição da primeira edição, com tiragem de 45 mil exemplares, aos professores da Rede Pública Municipal de Ensino do Rio acontece nas unidades escolares. Os docentes também podem se informar em sua CRE sobre como participar dos próximos números do jornal. Nós da Rede também está disponível on-line.