ACESSIBILIDADE
Acessibilidade: Aumentar Fonte
Acessibilidade: Tamanho Padrão de Fonte
Acessibilidade: Diminuir Fonte
Youtube
Facebook
Instagram
Twitter

Ciep celebra 80 anos de Candeia e 450 anos do Rio
31 Março 2015 | Por Fernanda Fernandes
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Whatsapp

Ciep CandeiaÉ ano de festa no Ciep Antonio Candeia Filho, em Acari (6ª CRE). Além de comemorar o 450º aniversário do Rio de Janeiro, a escola também faz uma homenagem ao compositor e sambista que dá nome ao Ciep e que completaria 80 anos em 2015.

Por meio do projeto Candeia Canta os 450 Anos do Rio através do Samba, o diretor David Moura e a coordenadora pedagógica Taís de Lima, junto com os professores, envolveram os alunos da Educação Infantil ao Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja) em uma série de atividades.

Um “aulão” sobre a história do Rio foi realizado no pátio da escola, reunindo diversas turmas. Os estudantes da Educação Infantil assistiram a apresentações com data show sobre diversos pontos turísticos da cidade. A história do samba também foi relembrada, por meio da confecção de cartazes sobre a origem desse ritmo e sobre os principais sambistas e escolas de samba da cidade.

Viva Acarioquice!

18Uma das preocupações da equipe do Ciep foi reforçar a relação dos alunos com o lugar onde estudam. “Nós aproveitamos um trocadilho com o nome do bairro e criamos o projeto Viva Acarioquice. Nele, os alunos pesquisaram a história de Acari e de alguns pontos, como a estação de metrô e o Rio Acari, para que conhecessem e criassem um vínculo maior com o local onde vivem”, conta Taís. A partir dessas pesquisas, os alunos fizeram diversos painéis e maquetes, que estão expostos por toda a escola.

Na Sala de Leitura, alunos do 4º ano criaram paródias e outras composições sobre o Rio de Janeiro. “Pensamos em propor algo relacionado à bossa nova, mas o rap é mais próximo da realidade deles e foi o que preferiram”, explica a coordenadora.

Os estudantes também participaram de apresentações promovidas pelo Grêmio Recreativo de Arte Negra e Escola de Samba Quilombo – agremiação fundada por Candeia, localizada próxima à escola, e que é parceira do Ciep. O Quilombo também esteve envolvido na Primeira Semana de Arte e Cultura Negra, realizada no final do ano passado.

 
Compartilhar pelo Facebook Compartilhar pelo Twitter Compartilhar pelo Whatsapp